Como a meditação influência no bem estar da parturiente.

A gestação é a maior mudança física e emocional que a mulher passa na vida. Além das
transformações no corpo, o emocional da futura mãe e dos outros membros da família,
também são tocados pela vinda de um novo membro. A fase movimentada ainda é
acrescida pela ansiedade para se ver o rostinho do bebê, enxoval para montar, reformas
na casa, planejamento financeiro, sono, fome e cansaço acumulados.
Nada substitui o acompanhamento de uma equipe médica durante a gravidez. O pré-natal
garante uma gestação e parto de qualidade para a mulher, e um início de vida sadio para
seu filho. Mesmo com o acompanhamento profissional, a ansiedade pode parecer difícil
de controlar, especialmente para as novas mamães.
Uma maneira para amenizar os efeitos de tanta mudança é a meditação. A prática de 5 a
15 minutos todos os dias podem trazer benefícios que acompanharão mãe e bebê por
muito tempo. Durante a meditação, a chave para o processo de concentração é o controle
da respiração. A respiração longa e profunda oxigena todo o corpo, ajudando a melhorar
a circulação sanguínea e a distribuição das vitaminas para a grávida e o feto. Depois de
um tempo de prática, a respiração correta se torna natural e isso pode ser crucial durante
o parto, em especial, para as que optam pelo parto normal.
Mas, como se medita? Pode parecer fácil, mas dominar os próprios pensamentos exige
um pouco de disciplina e força de vontade. Você deve encontrar uma posição em que

esteja confortável, pode ser sentada ou deitada, é importante estar em um lugar
silencioso e com poucas distrações. Feche os olhos e se concentre na sua respiração,
leve sua mente para pontos do seu corpo, como os pés ou as sensações do bebê
mexendo. Logo o seu batimento cardíaco passa a ser perceptível e você pode levar sua
atenção para ele.
Para quem tem dificuldade em se concentrar, os apps de meditação guiada podem se
tornar um aliado. Eles costumam ser simples de manusear e o processo guiado ajuda a
alcançar a tranquilidade e paz que a meditação proporciona.
A prática ainda cria sentimentos de calma e fortalece a autoestima e, conseguindo
silenciar a pressa, ajuda a tomar grandes decisões sem estar afetada por sentimentos de
raiva ou ansiedade. A prática traz benefícios perceptíveis em curto prazo, um deles é a
melhora na qualidade do sono. Por que não começar hoje?